HIPER-REDAÇÃO: A DILUIÇÃO DO JORNALISMO NA ERA DAS REDES E DO PERFIL

HIPER-REDAÇÃO: A DILUIÇÃO DO JORNALISMO NA ERA DAS REDES E DO PERFIL

com Bruno Torturra

Há alguns anos, estamos testemunhando e praticando mudanças radicais na escrita jornalística, com a disseminação veloz das redes sociais e plataformas de comunicação. O declínio dos periódicos impressos não se deve só a alterações nos modos e meios de leitura – é sobretudo uma transformação nas formas e nas possibilidades de expressão escrita. 

O texto é algo onipresente, o que não garante o reconhecimento de autoria, categoria, aliás, também posta em xeque. A democratização da escrita pública confunde o autor com a nova figura do perfil. As próprias plataformas se tornaram os publishers, a mítica imagem da redação está em processo de extinção e o comentariado é um fenômeno dominante.

Este curso aborda a volatilidade e a eternidade do texto digital, a ascensão da palavra falada e o mercado de dopamina, refletindo sobre formas de como escrever na era do hipertexto. Para quem está interessado em compreender e/ou praticar um jornalismo atualizado sobre essas questões e desenvolver modos renovados de escrita e leitura, os encontros interrogam o cenário atual e discutem respostas, tendo em vista outras potencialidades expressivas.

Datas

12 de julho
2, 9 e 16 de agosto, terças

Horário

19h30 às 21h30

Plataforma

Zoom

Atenção: Até 2h antes do início do curso você receberá as informações de acesso por e-mail.

De: R$ 390
Por:
R$ 330
5x sem juros no cartão de crédito

As Vagas já se esgotaram...

Mas você pode se inscrever na Lista de Espera, e caso abra uma vaga nós te avisamos:

Bruno Torturra é jornalista. Entre 2002 e 2013, foi repórter, correspondente internacional e diretor de redação da revista Trip. Desde 2011, dedica-se à experimentação no jornalismo em rede. Foi pioneiro na realização de transmissões ao vivo de manifestações de rua e um dos fundadores da Mídia Ninja. Atualmente é editor do Estúdio Fluxo, onde apresenta os programas Córtex e Boletim do Fim do Mundo. Também é um dos criadores e editor-chefe do programa Greg News, na HBO.