Menu
FLÂNEUR MASCARADO: O CRONISTA VOLTA ÀS RUAS

FLÂNEUR MASCARADO: O CRONISTA VOLTA ÀS RUAS

com Xico Sá

Além de ser um gênero literário ao rés do chão, como definiu o crítico Antonio Candido, a crônica brasileira é adepta da arte de flanar pela cidade. Isolado ou afastado do passeio público e da boemia, o cronista viveu dias perturbadores, ou mesmo de bloqueio total durante a fase mais aguda da COVID-19. A peste interferiu nos textos, tornando-os menos líricos.

Ainda de máscara, a crônica retoma a sua vocação da ‘vagabundagem’ e invade as calçadas e esquinas. É hora de matar a fome de observação e escrita. Afinal de contas, dizia Balzac, o flâneur faz uma espécie de gastronomia do olhar. Este breve curso instiga os participantes a se engajarem na aventura do texto, com a ajuda dos nossos autores e autoras encantados com a alma das ruas, entre eles João do Rio, Lima Barreto, Rubem Braga, Clarice Lispector, Cidinha da Silva e outros nomes contemporâneos.

Datas

6 e 7 de dezembro, segunda e terça

Horário

19h30 às 21h30

Atenção: Até 2h antes do início do curso você receberá as informações de acesso por e-mail.

De: R$ 200
Por:
R$ 165
5x sem juros no cartão de crédito

Inscrições abertas

Xico Sá é escritor e jornalista. Ganhador de importantes prêmios do jornalismo, como Esso, Folha, atualmente é colunista dos jornais El País/BrasilDiário do Nordeste e também do portal Bemdito. Um dos principais cronistas brasileiros contemporâneos, é autor de Big Jato (Companhia das Letras, 2012), Os Machões Dançaram – Crônicas de Amor & Sexo em Tempo de Homens Vacilões (Record, 2015), A Pátria em Sandálias da Humildade (Realejo, 2016), entre outros livros, e participa de antologias como As Cem Melhores Crônicas Brasileiras (Objetiva, 2007). A seis mãos, com Maria Ribeiro e Gregorio Duvivier, Xico lançou Crônicas para Ler em Qualquer Lugar (Todavia, 2019).