ESCREVER, MAIS UMA VEZ, A MÃE – JAMAICA KINCAID, TATIANA LEVY, MARIA NEGRONI E ÉDOUARD LOUIS

ESCREVER, MAIS UMA VEZ, A MÃE – JAMAICA KINCAID, TATIANA LEVY, MARIA NEGRONI E ÉDOUARD LOUIS

com Beatriz Resende

A literatura contemporânea busca novos formatos, questionando a própria noção de literatura e sua tradição masculina e patriarcal. A mulher que escreve sobre ou para a mãe escreve sobre sua própria vida, sobre quem foi e em quem se tornou. Com o sucesso da primeira edição do curso Escrever a Mãe, programamos uma nova edição, destacando escritoras diferentes e também um escritor – um filho, feminista, defensor da mãe.

Os encontros focalizam novas obras, todas absolutamente contemporâneas, tratando sempre desse diálogo complexo e também literariamente inspirador. Mais uma vez, discutiremos formatos literários inovadores e os limites tênues entre ficção, biografia ou autobiografia, focalizando livros de Jamaica Kincaid (Autobiografia da Minha Mãe), Tatiana Levy (Melhor Não Contar), Maria Negroni (O Coração do Dano) e Édouard Louis (Lutas e Metamorfoses de uma Mulher).

Datas

17 de julho a 7 de agosto, quartas

Horário

19 às 21h

Plataforma

Google Meet

Atenção: Se este for um curso na modalidade Online, até 2h antes do início do curso você receberá as informações de acesso por e-mail.

R$ 450 5x sem juros no cartão de crédito

Inscrições abertas

Beatriz Resende é professora titular da Faculdade de Letras da UFRJ, onde coordena o Programa Avançado de Cultura Contemporânea. É autora de Apontamentos de Crítica Cultural (Aeroplano, 2000), Contemporâneos – Expressões da Literatura Brasileira no Século XXI (Casa da Palavra, 2008) e Poéticas do Contemporâneo (e-galaxia, 2017), entre outros livros, e organizadora de Possibilidades da Nova Escrita Literária no Brasil (com Ettore Finazzi-Agrò, Revan, 2014) e Lima Barreto: Impressões de Leitura e Outros Textos Críticos (Companhia das Letras, 2017).