Menu
CLUB DE LIBROS

CLUB DE LIBROS

com Davis Diniz

La literatura es una gran aliada de aquel que quiera aprimorar su práctica en una lengua extranjera. Leer y discutir textos literarios es un modo placentero de enriquecer el vocabulario, diversificar la expresión verbal y mejorar la comprensión oral de una nueva lengua. Esta es la propuesta del Club de Libros, en español, idioma de lectura y comentarios de los textos leídos a cada més. La Escrevedeira invita así a ejercitar la compreensión de la lengua española mediante el diálogo con textos literarios ejemplares de la produción textual de este idioma vecino y a la vez muy destino del portugués.

texto del més: La Grabación, Ricardo Piglia

El cuento ‘La Grabación’, de Ricardo Piglia, narra el hallazgo de un cementerio clandestino donde se enterraron a los asesinados por el Estado argentino. En él, el autor utiliza la estructura del testimonio y de la grabación como formas narrativas mediadas por la máquina, siempre múltipla, social y anónima, en un relato que mantiene la tensión entre el testimonio producido por la resistencia política y la opresión maquinal que sostiene el discurso fabricado por el Estado. Piglia es conocido no solo como uno de los autores contemporáneos más importantes de la literatura hispanoamericana, gracias a sus cuentos y novelas, sino por sus 'Tesis sobre el cuento', que contribuyen a la discusión de 'La Grabación' con los participantes de esta edición del Clube de Libros.

A literatura é uma grande aliada de quem quer aprimorar sua prática numa língua estrangeira. Ler e discutir textos literários é um modo prazeroso de enriquecer o vocabulário, diversificar a expressão verbal e melhorar a compreensão oral de uma nova língua. Esta é a proposta do Clube de Livros, em espanhol, idioma de leitura e comentários dos textos lidos a cada mês. A Escrevedeira convida assim a exercitar a compreensão da língua espanhola, mediante o diálogo com textos literários exemplares da produção textual desse idioma vizinho e ao mesmo tempo muito diferente do português.
 
Texto do mês: La Grabación (A Gravação), Ricardo Piglia

O conto ‘La Grabación’( A Gravação), de Ricardo Piglia, fala da descoberta de um cemitério clandestino onde foram enterradas pessoas assassinadas pelo Estado argentino. Nele, o autor utiliza a estrutura do depoimento e da gravação enquanto formas narrativas mediadas pela máquina, sempre múltipla, social e ânonima, num relato que mantém a tensão entre o testemunho produzido pela resistência política e a opressão maquínica que sustenta o discurso fabricado pelo Estado. Piglia é conhecido não apenas como um dos mais importantes autores contemporâneos da literatura hispano-americana, por seus contos e romances, mas também pelas suas ‘Teses sobre o Conto’, que servem de referência à discussão de ‘La Grabación’ com os participantes.

Data

5 de novembro, quinta

Horário

19h30 às 21h

Plataforma

Zoom

Atenção: Até 2h antes do início do curso você receberá as informações de acesso por e-mail.

R$ 50

Inscrições encerradas

Davis Diniz é doutor em Literatura Comparada e Teoria da Litertura pela UFMG e pela Universidad de Buenos Aires. Traduziu para o português os livros A Vida Porca (título original de O Brinquedo Raivoso), de Roberto Arlt, Árvore de Diana e Os Trabalhos e as Noites, ambos de Alejandra Pizarnik, publicados no Brasil pela Relicário.