Menu
BRASIL – DISTOPIA E LITERATURA

BRASIL – DISTOPIA E LITERATURA

com Heloísa Starling

Projetar o Brasil foi por décadas o objetivo de pensadores e escritores, irradiando ideias sobre pertencimento e desenvolvimento. E talvez a nossa encruzilhada hoje no país seja a possibilidade de o futuro ter chegado – e ser mais distópico do que imaginávamos. No entanto, a distopia não é o fim da história; precisa ser um ponto de partida.

O curso apresenta e discute distopias literárias, como as criadas por Rubem Fonseca e Ignácio de Loyola Brandão, passando também por textos de Joca Reiners Terron, Bernardo Kucinski e Chico Buarque, que ajudam a compreender os dilemas e as possibilidades de interpretação do país. Em formas diversas, a literatura desses autores nos defronta com aquilo que de algum modo já está acontecendo – ao nosso lado, e em algum ponto do horizonte distante.

Datas

19, 21, 26 e 28 de janeiro, terças e quintas

Horário

19h30 às 21h30

Plataforma

Zoom

Atenção: Até 2h antes do início do curso você receberá as informações de acesso por e-mail.

De: R$ 390
Por:
R$ 330 4x sem juros no cartão de crédito

As Vagas já se esgotaram...

Mas você pode se inscrever na Lista de Espera, e caso abra uma vaga nós te avisamos:

Heloísa Starling é historiadora e cientista política. Professora titular da UFMG, é autora e organizadora de diversas publicações, entre as mais recentes os livros ‘Brasil, uma Biografia’ (com Lilia Schwartz, Companhia das Letras, 2015, Prêmio Jabuti), ‘Ser Republicano no Brasil Colônia’ (Companhia das Letras, 2018, Prêmio Jabuti) e ‘A Bailarina da Morte – a Gripe Espanhola no Brasil’ (com Lilia Schwartz, Companhia das Letras, 2020).